Sinais de alerta para atraso no desenvolvimento

14/05/2020

Se é verdade que toda criança tem seu ritmo, mais verdadeiro é o fato de que existem marcos de desenvolvimento esperados para todas as crianças de acordo com a idade.

Marcos do desenvolvimento sã]o os comportamentos esperados para a idade e que são sinais de que a criança está se desenvolvendo bem. Quando uma criança não apresenta um ou mais marcos é um sinal de alerta que ela pode estar apresentando um atraso no seu desenvolvimento, o qual deve ser investigado por um profissional.

Toda criança nasce preparada para aprender. Se ao adquirir maturidade neurológica (conforme avança em idade) ela não consegue atingir os comportamentos esperados, mesmo tendo a estimulação adequada, ela pode estar apresentando um sinal de algum transtorno do neurodesenvolvimento, o qual deve ser investigado.

Infelizmente muitas pessoas, inclusive alguns profissionais, tratam atrasos no desenvolvimento como se fosse algo sem importância, como se fosse preguiça da criança. Embora haja casos em que crianças com sinal de atraso evoluam com desenvolvimento normal, não é tão fácil identificar quem serão essas crianças.  Por isto, a demora no início da estimulação com profissionais especializados  é perigosa. O mais seguro é sempre procurar uma avaliação profissional e iniciar a estimulação precoce.

Os pais devem ficar atentos aos comportamentos de seus filhos para saber se estão apresentando os comportamentos típicos para cada idade. Na caderneta de vacinação costuma conter os marcos de desenvolvimento para cada idade, caso haja dúvida.

Famílias de filho único e que não ficam em creche precisam ficar mais atentas.  Pode ser mais difícil perceber sinais de atraso no desenvolvimento da criança devido à falta de conhecimento sobre o que é esperado e de oportunidade dos pais de contrastarem o comportamento de seu filho com os coleguinhas da mesma idade.

De forma geral, deve-se ficar atento a crianças que:

● Parecem muito molinhas e não conseguem se movimentar. Exemplos:

            Não ficar sentado sem apoio aos 8 meses.

            Não ficar em pé sem apoio aos 12 meses.

            Não andar sem apoio aos 18 meses.

● São pouco responsivas ao ambiente, que parecem não ouvir quando chamadas ou que parecem "esperar tudo nas mãos" sem pedir algo que desejam, seja por gestos ou por meio da fala. Exemplos:

Não repete palavras simples ou aponta o que quer aos 11 meses.

Não usa nenhuma palavra para se comunicar aos 18 meses.

A intervenção precoce evita que os prejuízos decorrentes do atraso no desenvolvimento se intensifiquem e, em casos de atraso leve, pode favorecer que a criança atinja o mesmo nível de desenvolvimento que seus pares. Para isto, é preciso conhecer os marcos e iniciar a estimulação com profissionais o mais rápido possível.  Não é necessário ter um diagnóstico fechado para isto.

O diagnóstico precoce de alguns transtornos neuropsiquiátricos e síndromes genéticas pode ser muito difícil e demorado. Por isto é importante iniciar a estimulação independente do diagnóstico estar fechado ou não.

Há casos em que mesmo tendo atraso muito evidente os médicos demoram para encaminhar para estimulação. Cabe a nós, mães, buscar informação e insistir na busca de um profissional que nos ouça e avalie corretamente o desenvolvimento de nosso filho. Nestes casos, um psicólogo ou neuropsicólogo infantil pode auxiliar.

Por Gisele Silva Corrêa, Neuropsicóloga e mãe do Apolo.

postagens anteriores

Atividades de estimulação para as crianças de 0 a 12 meses

05/08/2020

Há diversas atividades que podemos realizar em casa e que podem auxiliar nossos filhos a aprenderem as habilidades esperadas para sua faixa...

Ler mais

05 benefícios da amamentação para saúde das mães

03/08/2020

Em agosto é comemorado o mês Mundial do Aleitamento Materno. Nessas datas comemorativas sempre falamos muito de...

Ler mais
Olá, precisando de ajuda? Tire suas dúvidas conosco!