topo

Por que meu bebe acorda às 3h da manhã?

03/01/2021

Muitos pais de recém-nascidos costumam fazer essa pergunta. É um marco de desenvolvimento? Uma regressão? Eles estão dormindo muito durante o dia ou não o suficiente? Talvez eles estejam com fome, frio ou calor.

Bem, pode ser qualquer uma dessas opções e pode ser uma combinação de várias delas.

O que isso significa, e provavelmente você já sabe, é que o sono do bebê, no início, é instável e desregulado. Seus corpos e cérebros estão passando rapidamente por mudanças significativas.

Existem fatores que você pode controlar, obviamente. Se o bebê estiver muito quente, você pode diminuir a temperatura do ar-condicionado ou colocar um ventilador no quarto. Se os dentes estão nascendo, um mordedor ou pedaço de pepino gelado (não congelado) pode muitas vezes resolver o problema, pelo menos temporariamente.

Mas essas são as soluções simples. A razão pela qual a maioria das pessoas tem um período tão difícil com o sono de seus bebês é por causa de problemas que não são tão simples e não têm soluções óbvias.

Imagine este cenário: um bebê de 18 meses, que costuma passear ao ar livre e dar longas sonecas repousantes, quando chega a hora de dormir a noite, de repente ele está cheio de energia e quer brincar. Quando ouve que é hora de dormir, ele fica irritado e a hora de dormir se torna uma batalha. Assim que finalmente consegue dormir, acorda várias vezes à noite e nunca dorme depois das 5:30 da manhã.

O que está acontecendo? Por que o meu bebê não dorme bem à noite? Será que o bebê está dormindo muito durante o dia?

Essa seria uma hipótese razoável, com certeza. Afinal, se nós, adultos, déssemos uma soneca de 3 horas à tarde, há uma boa chance de termos dificuldade em adormecer e dormir naquela noite.

Mas, com bebês, quase sempre ocorre o oposto. O que o bebê está demonstrando neste cenário é, na verdade, uma necessidade de mais sono, não menos. Para entender esse raciocínio contra-intuitivo, veremos algumas informações básicas sobre o funcionamento do sistema do sono.

Cerca de três horas antes de estarmos naturalmente propensos a acordar, nosso corpo começa a secretar um hormônio chamado cortisol. O cortisol é um hormônio estimulante e também é produzido em momentos de estresse, a fim de elevar a freqüência cardíaca e estimular o sistema nervoso. De manhã, ele serve para nos ajudar a começar o dia. Pense nisso como a cafeína da mãe natureza.

E se o cortisol é a nossa xícara de café da manhã, a melatonina é a nossa taça de vinho à noite. Assim que o sol começa a se pôr, nossos corpos reconhecem o início da noite e começam a produzir esse adorável hormônio indutor do sono, que nos ajuda a dormir e a permanecer dormindo até de manhã, quando todo o processo começa novamente. A produção de melatonina começa no início da noite e é aumentada quando somos expostos a um belo e brilhante sol durante o dia. Mas por mais bem elaborado que seja este sistema (do sono), ele não é perfeito e é facilmente confundido.

Voltando para o cenário citado acima, isso é o que está acontecendo: O bebê tira ótimas sonecas durante o dia, o que é obviamente maravilhoso, e ele fica muito tempo ao ar livre, ajudando seu corpo a produzir mais melatonina quando a noite chega. Então, por que ocorre aquela explosão de energia antes de dormir?

Quando o corpo do bebê começa a produzir melatonina no início da noite, há uma estreita janela de tempo em que o corpo espera que o bebê vá dormir. Se perdemos o momento certo dessa janela, o cérebro decide instintivamente que algo está errado, já que o bebê não consegue dormir, seja qual for o motivo. E se o bebê tiver algo o estimulando ou assustando, o corpo adiciona uma injeção de cortisol para aumentar suas chances de “sobrevivência”.

Assim o sistema do bebê começa a secretar cortisol e, antes que você perceba, ele está mais agitado. Isso geralmente aparece na forma de diversão e uma abundância de energia. Resumindo, o bebê perdeu a janela do sono e agora ele terá dificuldade para dormir. Essa agitação, na verdade, indica excesso de cansaço e sonolência.

E o que isso tem a ver com o acordar às 3:00 da manhã?

Supondo que o ritmo circadiano do seu bebê esteja programado para acordar às 6:00 da manhã, então seu corpo começa a secretar cortisol três horas antes disso. Neste momento, a produção de melatonina cessou durante a noite. O bebê chega ao fim de um ciclo de sono por volta das 3:00. Ele chega a esse estado "ligeiramente acordado", e agora com um pouco de estimulante e nenhum sedativo natural. Isso, combinado com a falta de habilidades para dormir sozinho, significa que o bebê provavelmente acordará totalmente e terá dificuldade para voltar a dormir.

Como faço para corrigir isso?

Embora não haja uma solução rápida para ajustar o cronograma de produção de hormônio do bebê, você pode definitivamente ajudá-lo deixando-o ao ar livre durante o dia o máximo possível. Como mencionei antes, a luz natural durante o dia é a grande responsável pela produção de melatonina à noite.

Também ajuda se o quarto do bebê estiver o mais escuro possível à noite e se você começar a desligar as luzes da casa pelo menos uma hora antes de colocá-lo no berço. Simular o pôr do sol (dentro de casa) ajudará a iniciar a produção de melatonina para que esteja em pleno andamento quando ele for para o berço.

Evite qualquer tipo de TV, iPhone ou tablet uma hora antes de dormir (se possível, mais que uma hora antes), pois esses dispositivos emitem uma luz azul, que estimulará a produção de cortisol no momento em que você está tentando evitá-la.

Mas, acima de tudo, a maneira número um de ajudar seu bebê a dormir durante a noite é colocá-lo em um horário de sono previsível e consistente e ensiná-lo estratégias para adormecer sozinho.

Porque você nunca impedirá o despertar noturno. Todos nós acordamos no meio da noite, independentemente da idade. Como adultos, temos a capacidade de avaliar com calma a situação quando acordamos no escuro, perceber onde estamos, ver que ainda é noite e voltar a dormir. Na maioria das vezes, nem nos lembramos na manhã seguinte de ter acordado.

Portanto, embora não possamos evitar que o bebê acorde à noite, podemos ajudá-lo com segurança e eficácia a aprender a reconhecer que está seguro, em território familiar, ainda cansado e capaz de voltar a dormir por conta própria.

Caso você queira conversar um pouco mais sobre o assunto ou agendar uma consulta gratuita, é só me chamar no chat das Benditas Mães ou mandar um e-mail. Ficarei muito feliz em ajudá-la!

Por Carla Picolli, Consultora do Sono e mãe do Albert e da Malu.

Para conhecer mais o trabalho da Carla é só acessar o instagram @carlapicolli.sonoinfantil.

postagens anteriores

Precisa produzir leite na gravidez?

18/06/2021

A amamentação acontece só depois que o bebê nasce, certo? Então, seria complicado manobrar uma...

Ler mais

Esse tal de períneo

17/06/2021

Quem está grávida, muito provavelmente, já ouviu falar em períneo! As que desejam um parto vaginal, então,...

Ler mais
Olá, precisando de ajuda? Tire suas dúvidas conosco!