topo

O que é a regressão do sono?

02/04/2021

É uma fase que está relacionada ao desenvolvimento da criança e pode atrapalhar a qualidade do sono do bebê de uma noite para outra.

Até os 2 anos de idade, o amadurecimento cerebral pode trazer alguns impactos na qualidade de sono da criança, então se o seu bebê dormia bem e agora parece que tudo bagunçou, pode ser que ele esteja passando por alguma fase de regressão de sono que acontece em algumas idades específicas.

A primeira regressão ocorre em torno do 4° mês e o bebê começa a “brigar” com o sono, despertar várias vezes na madrugada e demandar mais mamadas. A emenda de ciclos de sono que ocorria de forma automática, já não acontece mais e passa a ser de forma voluntária.

O segundo período pode ser em torno do 8° mês aonde o bebê solicita mais a presença da mãe (o que coincide com a fase que ele pode passar de angustia de separação), coincide com a fase do engatinhar e apresenta  interferência nas sonecas e também no sono noturno (podem despertar no meio da noite para treinar essa nova habilidade motora que estão para adquirir). É exatamente nessa fase que, muitas vezes, criamos novos hábitos de sono para os bebês porque os pais tentam de tudo para que este bebê volte a dormir e acabam criando associações.

A terceira regressão pode ocorrer em torno do 12° mês de vida que coincide com o salto motor de desenvolvimento do aprendizado da marcha e afeta mais as sonecas (sono diurno).

Por volta do 18° mês também pode acontecer uma pequena regressão atingindo o sono diurno e pode ser necessário um ajuste na rotina porque é a fase que os bebês passam a ter apenas uma soneca no dia.

E o último período da regressão pode ocorre em torno do 24º mês aonde a criança pode começar a apresentar medos, solicitar bastante a presença de um adulto e “lutar” mais para aceitar ir dormir.

Essas fases acabam sendo desgastantes para os pais e cuidadores mas, a minha dica é, tentar manter a rotina e evitar hábitos que possam não ser tão saudáveis e que permanecerão mesmo passando a fase de regressão. 

Costumo dizer às famílias que atendo que, paciência e consistência são palavras chave para que tudo passe e volte a ser como antes.

Por Juliana Storni, Consultora do Sono, Fisioterapeuta e mãe do Bernardo. 

Para conhecer mais o trabalho da Juliana acesse o instagram @julianafisiomaternoinfantil.

postagens anteriores

O que é poda neuronal e sua relação com o autismo

15/04/2021

Nosso cérebro passa por momentos de “morte” programada e previsível de neurônios a cada semestre ou ano nos...

Ler mais

Saltos de desenvolvimento

14/04/2021

São marcos no desenvolvimento do bebê que podem causar uma ansiedade deixando o bebê mais agitado, irritado, choroso, apegado...

Ler mais
Olá, precisando de ajuda? Tire suas dúvidas conosco!