topo

Displasia Broncopulmonar

01/09/2021

É uma doença pulmonar crônica da prematuridade. Tem apresentado melhora na gravidade devido ao avanço dos cuidados perinatais, porém, ainda pode ter complicações importantes associadas à insuficiência respiratória, hipertensão arterial pulmonar ou infecção hospitalar.

O diagnóstico é feito em bebês que necessitaram de utilização de oxigenioterapia por 28 dias com alterações radiológicas compatíveis (dependendo da idade de prematuridade).

O tratamento consiste em suplementação nutricional, uso de palivizumabe (anticorpo monoclonal para o vírus sincicial respiratório), suporte de oxigênio (quando necessário), restrição de líquidos e uso de diuréticos; entre outras condutas médicas.

A fisioterapia consiste em auxiliar as trocas gasosas, a relação ventilação/perfusão, melhorar a função respiratória global, prevenir complicações pulmonares, possibilitar o desmame ventilatório e da oxigenioterapia, promover o desenvolvimento neuropsicomotor através de técnicas específicas .

Procure um profissional capacitado para ajuda na reabilitação de um bebê prematuro portador de Displasia Broncopulmonar.

Por Juliana Storni, Consultora do Sono, Fisioterapeuta e mãe do Bernardo.

Para conhecer mais o trabalho da Juliana é só acessar o instagram @julianafisiomaternoinfantil

_____________

Você está grávida e quer se preparar para chegada do bebê?

Então conheça nosso Curso: "Vou ser Mãe, e agora?"

postagens anteriores

Gravidez não é doença, mas...

17/09/2021

Você já deve ter ouvido a frase “gravidez não é doença”, não é mesmo? De fato...

Ler mais

Cuidado com as escovas dentais

15/09/2021

Afinal de contas nunca foi tão importante manter a saúde bucal de toda família! 
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
As escovas...

Ler mais
Olá, precisando de ajuda? Tire suas dúvidas conosco!