Como deixar sua cozinha segura

26/06/2020

As Crianças são muito curiosas e criativas. Para elas, utensílios da cozinha podem se transformar em brinquedos incríveis. Incentivar e permitir o brincar livre e espontâneo dos pequenos é muito importante para o desenvolvimento infantil pleno e saudável. É por meio das brincadeiras que as crianças se expressam, experimentam e reinventam o mundo e as relações sociais, desenvolvem sua autonomia, desafiam seus medos e descobrem habilidades.

Porém, pais, familiares e responsáveis devem estar sempre atentos e avaliar os possíveis riscos que as crianças podem estar expostas durante as brincadeiras dentro de casa. A cozinha pode ser um ambiente para explorar a criatividade e desenvolver autonomia desde que a criança tenha acompanhamento constante do adulto.

A cozinha é considerada o ambiente mais perigoso da casa, pois têm utensílios com maior risco de acidentes como vidros, facas, forno e fogão que esquentam e podem ocasionar queimaduras. Deixar os objetos que podem representar risco longe do alcance das crianças (em armários altos ou gavetas com trava).

Algumas dicas gerais para evitar acidentes nesse ambiente:

  • Para evitar o acesso das crianças à cozinha, você pode utilizar um portãozinho na porta que dá acesso a esse cômodo;
  • Mantenha longe do alcance das crianças: facas, recipientes de vidro ou cerâmica, fósforos, isqueiros, sacos plásticos e produtos de limpeza;
  • Ao cozinhar, dê preferência por utilizar as bocas de trás do fogão e vire os cabos das panelas para dentro. Dessa forma, você dificulta o acesso da criança a esses objetos e previne que elas acidentalmente se queimem gravemente;
  • Muita atenção ao utilizar o forno. Não permita que as crianças cheguem perto, pois elas podem encostar no eletrodoméstico e se queimarem gravemente;
  • Ao servir as refeições, evite utilizar toalhas de mesa compridas. As crianças podem puxá-las para se apoiar e, se houver líquidos e alimentos quentes sobre elas, eles podem cair em cima dos pequenos e causar queimaduras graves.

Prepare o ambiente da casa de forma que a criança possa ter liberdade e segurança para desenvolver sua autonomia.

Por Michele da Rosa Ferreira, Enfermeira Neonatal e Mãe da Tainá.

postagens anteriores

Amamentação de Sucesso

12/07/2020

A amamentação pode ser o momento mais valioso entre a mãe e o bebê, e além de criar um vínculo...

Ler mais

A romantização da maternidade e a saúde mental das mães.

09/07/2020

A romantização da maternidade e a saúde mental das mães

Aquela frase clichê que diz que “ser...

Ler mais
Olá, precisando de ajuda? Tire suas dúvidas conosco!