topo

Cólica do bebê, alimentação e fórmula!

29/03/2021

Alimentação X cólica do bebê:

Ficar com rosto vermelho de tanto chorar, as pernas encolhidas e os dedinhos fechados são alguns sinais comuns de que seu bebê pode estar cólica. Elas ocorrem devido a imaturidade do intestino. O consumo de produtos industrializados e açúcares não devem ser feitos durante a amamentação. Alguns alimentos como feijão, brócolis, couve flor, repolho são associados com as cólicas do bebê, porém cada criança é de um jeito, o recomendado é que se avalie a alimentação da mãe com a reação do bebê e retirar aquilo que você percebeu que ele se sentiu desconforto. Não há necessidade de excluir vários alimentos sem saber se irá ou não causar cólica. Deixe os grãos sempre de molho (mínimo 12hrs), trocando a água. O uso de probiótico e alguns chás podem ajudar. Procure um nutri materno infantil para te ajudar. 

Cuidado, composto lácteo não é fórmula infantil!

Os compostos lácteos são produtos com uma mistura de leite (no mínimo 51%), outros ingredientes lácteos e não lácteos lácteos, e contém açúcar e aditivos alimentares, portanto não são indicados para crianças menores de 2 anos. Eles não substituem o leite materno nem as fórmulas infantis! Cuidado para não confundir na hora de comprar, são normalmente colocados nas prateleiras lado a lado das fórmulas infantis e tem um valor menor.

 

Por Juliana Arantes, Nutricionista da Fertilidade ao Pós Parto. Para conhecer mais o trabalho da Juliana é só acessar o instagram @nutri_juliana.arantes

postagens anteriores

O que é poda neuronal e sua relação com o autismo

15/04/2021

Nosso cérebro passa por momentos de “morte” programada e previsível de neurônios a cada semestre ou ano nos...

Ler mais

Saltos de desenvolvimento

14/04/2021

São marcos no desenvolvimento do bebê que podem causar uma ansiedade deixando o bebê mais agitado, irritado, choroso, apegado...

Ler mais
Olá, precisando de ajuda? Tire suas dúvidas conosco!