topo

Candidíase Mamária

13/11/2020

A candidíase mamária é uma infecção nos seios causada pelo fungo cândida albicans, podendo ser superficial ou atingir até os ductos. A doença surge devido ao aumento na quantidade do fungo que já existe no organismo (na boca, no trato gastrointestinal, e na região íntima). Essa infecção costuma se desenvolver porque a imunidade do bebê ainda está em formação e mais fraca, facilitando a proliferação do fungo, podendo aparecer na boca do bebê, e ser transmitido para os seios da mãe.

Principais Causas: Mamilos machucados em ambiente úmido, escuro ou quente, uso de antibióticos, anticoncepcionais, baixa imunidade, chupeta, outros bicos e candidíase vaginal.

Sintomas: Coceira, queimação, fisgadas nos mamilos que persistem após a mamada. Os mamilos costumam apresentar-se vermelhos, brilhantes, mais claros que o resto da aréola. Ardência e fisgadas dentro das mamas são queixas comuns, assim como sensação de “facadas” ou “espetadas” de dentro para fora das mamas e feridas nas mamas que demoram a cicatrizar.

No bebê apresenta-se através de crostas brancas na área interna da boca, gengivas e língua. Nem sempre há apresentação visual!

Sobre a Prevenção:

  • Manter sempre os mamilos secos e arejados;
  • Expor os mamilos à luz por alguns momentos durante o dia;
  • Evitar o uso de bicos artificiais e conchas;
  • Se for usar absorvente de mama, trocar sempre que ficar úmido (dar preferência para as rosquinhas);
  • Lavar roupa íntima com água quente;
  • Dar preferência por sutiã de algodão;
  • Lavar sempre as mãos;
  • Se não eliminar os bicos, ferver por 20 minutos pelo menos 1 x dia;
  • Adequar dieta com uma nutricionista (Evitar açúcar, farinha, carboidratos)
  • Avaliar o uso de probióticos (mãe).

O tratamento da dupla costuma ser feito com antifúngicos em pomada ou comprimido.

Para diagnosticar e tratar a candidíase mamária, procure um médico, pois somente ele saberá qual o melhor tratamento para cada caso.

É importante ressaltar que não é necessário parar de amamentar durante o tratamento da candidíase mamária.

Por Sabrina Freitas, Fisioterapeuta Pélvida e Consultora de Amamentação.

Para conhecer mais o trabalho da Sabrina é só acessar o instagram @ftsabrinafreitas

postagens anteriores

Banho de Ôfuro

04/12/2020

É uma modalidade de hidroterapia que tem sido bastante utilizada em recém nascidos para proporcionar segurança, relaxamento e...

Ler mais

Intestino: nosso segundo cérebro?

02/12/2020

O intestino é um órgão que faz mais do que “apenas” digerir e absorver os nutrientes e excretar toxinas –...

Ler mais
Olá, precisando de ajuda? Tire suas dúvidas conosco!