topo

Atividades de estimulação para as crianças de 1 a 3 anos

17/08/2020

O futuro de nossos filhos depende muito das oportunidades oferecidas a eles em seus primeiros anos de vida. Por isso, a qualidade da estimulação neste período é fundamental.

No período entre o primeiro e o terceiro ano de vida podemos estimular o desenvolvimento de nossos filhos:

  • Brincando de  pegar e dar uma bola;

  • Brincando de empilhar blocos ou peças grandes. Você mesmo pode construir blocos com caixas de leite vazias, limpas e forradas com retalhos ou papéis coloridos. Participe da brincadeira mostrando como fazer (lembre-se que esta é a fase da imitação), desta forma estará treinando a coordenação das mãos e a percepção visual da criança;

  • Falando sempre corretamente. A maneira errada como a criança fala pode ser engraçada, mas devemos sempre dar a ela o modelo correto para que aprenda. Sem constrangê-la, repita a palavra da forma certa ajudando na pronúncia das palavras;

  • Lendo livros de histórias (com figuras grandes e coloridas) para seu filho e peça que aponte objetos ou personagens da história. Isso ajudará na ampliação do vocabulário, aprendendo palavras novas e auxiliará na pronúncia. Não esqueça de falar corretamente, para que a criança aprenda conforme o modelo;

  • Pedindo que imite seus gestos. Levante o braço, o outro, depois os dois juntos, mexa a cabeça e observe se ela repete o movimento. Essa atividade fica mais interessante se você cantar uma canção relacionada ao gesto;

  • Brincando com nossos filhos de massa de modelar. Prefira os tipos não tóxicos ou produza em casa sua própria massa com trigo, água e anilina comestível para colorir. Assim se a criança colocar na boca não lhe fará mal;

  • Brincando com os sons para ajudar a criança ampliar seu vocabulário e a discriminar sons. Deite no chão ou sente e peça que a criança feche os olhos e fique em silêncio, prestando atenção nos barulhos que acontecem ao seu redor. Depois, pergunte a ela "o que você está ouvindo"? Ela terá que identificar o que é;

  • Promovendo brincadeiras que estimulem o equilíbrio e a coordenação  motora tais como balanço, gangorra, gira-gira, triciclo;

  • Ensinando a criança a guardar seus brinquedos após as brincadeiras. Nesse momento você pode solicitar os brinquedos nomeando-os, por exemplo, primeiro os verdes, agora só os carrinhos, depois as bolas...

A estimulação ocorre no dia a dia em que passamos com nossos filhos conversando, brincando, cantando, alimentando-os. Quanto mais soubermos aproveitar esses momentos juntos, melhor será o desenvolvimento de nossos filhos.

Por Gisele Silva Corrêa, Neuropsicóloga e mãe do Apolo.

Para conhecer mais o trabalho da Gisele é só acessar o instagram @giseleneuropsicologa

postagens anteriores

O que é poda neuronal e sua relação com o autismo

15/04/2021

Nosso cérebro passa por momentos de “morte” programada e previsível de neurônios a cada semestre ou ano nos...

Ler mais

Saltos de desenvolvimento

14/04/2021

São marcos no desenvolvimento do bebê que podem causar uma ansiedade deixando o bebê mais agitado, irritado, choroso, apegado...

Ler mais
Olá, precisando de ajuda? Tire suas dúvidas conosco!